PIS/PASEP libera R$400 milhões até o final do ano; Saiba quem tem direito

O PIS/PASEP liberou pagamentos que somam R$400 milhões. Confira quem poderá sacar.
PUBLICIDADE

Alguns trabalhadores poderão receber valores do PIS/PASEP visto que o órgão liberou R$400 milhões para repasses. 

Estes repasses devem ser realizados até o final do ano, portanto os trabalhadores devem ficar atentos ao prazo de saque do abono. Veja a seguir quem pode receber o abono do PIS/PASEP neste ano: 

PIS/PASEP 2022: como funciona 

O PIS/PASEP é disponibilizado para os trabalhadores a partir de seus meses trabalhados, funcionando com um fundo. 

PUBLICIDADE

E neste ano, foram liberados R$400 milhões para repasse aos trabalhadores pelas atividades desenvolvidas ao longo de 2020, ano que serve de base para o pagamento do abono neste ano. 

Estes valores serão liberados para saque dos trabalhadores até o final deste ano, sendo ele disponibilizado a todas as pessoas que exerceram atividades remuneradas por pelo menos 30 dias no ano de 2020, lembrando que é necessário ter exercido estas atividades com carteira assinada. 

Além disso, é necessário que o trabalhador tenha valores esquecidos a serem resgatados, visto que os depósitos foram finalizados no mês de março e tem como prazo final para saque 29 de dezembro. 

Valores do PIS/PASEP 

PUBLICIDADE

Para saber quanto o trabalhador poderá receber no abono do PIS/PASEP em 2022, é necessário observar por quanto tempo o trabalhador exerceu atividades remuneradas no ano base. 

Segundo o  Ministério do Trabalho e Previdência, são mais de 400 mil pessoas que têm direito ao abono, mas ainda não realizaram o saque. Ao todo, são mais de R$428,4 milhões disponíveis. 

Estes valores podem ser sacados nos bancos responsáveis pelo seu gerenciamento, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil. 

Os valores do PIS/PASEP são gerenciados pela Caixa Econômica Federal e pelo Banco do Brasil, respectivamente. 

Tem direito ao saque PIS/PASEP os trabalhadores que:

  • esteja cadastrado no PIS/Pasep há pelo menos 5 anos;
  • tenha trabalhado pelo tempo mínimo de 30 dias para pessoa jurídica em 2020;
  • tenha sido remunerado em até dois salários mínimos em 2020;
  • esteja com os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS/eSocial).

Vale lembrar ainda que o abono do PIS/PASEP que tem como ano base 2021 não tem nenhuma relação com esta liberação e deve ser liberado somente em 2023 por conta do atraso do calendário de pagamentos do programa. 

Como consultar o valor do PIS/PASEP

PUBLICIDADE

Caso você não tenha certeza sobre o seu PIS/PASEP e queira consultar a sua situação e saldo, pode fazer isso através de alguns canais. 

A consulta pode ser feita pelo telefone ligando para o 158 ou no aplicativo Carteira de Trabalho Digital, disponível para celulares com sistema Android e iOS. 

Os trabalhadores devem fazer a solicitação formal da retirada do valor disponível através de um canal de atendimento presencial, que são as unidades regionais do Ministério do Trabalho. 

Leia Mais

Carregando cartão…