Auxílio Brasil: arranjei um emprego e agora? Saiba o que acontece com o seu benefício neste caso

Quem está recebendo o Auxílio Brasil e acabou conseguindo um emprego deve ficar atento as mudanaçs do programa. Veja o que muda!
PUBLICIDADE

Muitos brasileiros têm recebido o Auxílio Brasil, um dos principais programas sociais do Governo Federal. 

No entanto, se você acabar sendo empregado novamente enquanto recebe o benefício pode enfrentar algumas mudanças. Nós te explicaremos tudo sobre o assunto a seguir. Confira o que acontece com que recebe o Auxílio Brasil e arranja um emprego: 

O Auxílio Brasil

O Brasil tem enfrentado uma crise financeira e após a pandemia de Covid-19 a situação econômica de muitas famílias acabou se agravando ainda mais. 

PUBLICIDADE

Neste cenário houve a criação do Auxílio Brasil, programa que substitui o Bolsa Família e busca oferecer auxílio às famílias em situação de vulnerabilidade social no país. 

Muitas epssoas quem procuram pelo auxílio que dá até o momento R$400,00 por mês às famílias que estão em situação de pobreza e extrema pobreza. 

No entanto, o benefício que pode ter um aumento de R$200,00 e passa para R$600,00 mensais, só pode ser acessado por aqueles que comprovam uma determinada situação financeira Até o presente momento mais de 2,7 milhões de brasileiros já receberam o valor. 

Para quem é o Auxílio Brasil 

PUBLICIDADE

Conforme destacado anteriormente o Auxílio Brasil é um programa social pensado para as pessoas que estão em situação de pobreza ou extrema pobreza, portanto é preciso corresponder a alguns pré-requisitos para conseguir a aprovação neste programa social. 

Para as pessoas que já recebiam o Bolsa Família a migração aconteceu de forma automática, sem que fosse necessário realizar outro cadastro no programa. 

De modo geral estão aptas a receber o Auxílio Brasil as famílias que estejam em situação de extrema pobreza, com renda familiar per capita de até R$105, ou famílias em situação de  pobreza com renda familiar per capita entre R$105,01 a R$210. 

Além disso, para receber este benefício é necessário estar com cadastro atualizado no CadÚnico, banco de dados usado para a análise da situação dos brasileiros que solicitam esse benefício. 

Famílias com os seguintes membros têm prioridade no Auxílio Brasil:

  • Crianças;
  • Gestantes;
  • Mães que ainda estão em processo de amamentação;
  • Adolescentes;
  • Jovens entre 0 a 21 anos incompletos.

O que acontece com o benefício de quem arrumou um emprego? 

O Auxílio Brasil tem passado por algumas mudanças e adaptações e há algumas questões em discussão. Caso seja aprovada, as pessoas que conseguirem um emprego de carteira assinada  podem continuar recebendo o benefício de R$600. 

PUBLICIDADE

Com a decisão, os trabalhadores em regime CLT e aqueles que trabalham de forma autônoma e atingem uma renda superior a da linha da pobreza podem continuar recebendo o Auxílio Brasil.

No entanto, fica estabelecido um prazo de dois anos para o pagamento do Auxilio Brasil aos beneficiários e, seguem vigentes os demais pré-requisitos para o recebimento do valor mensal. 

A renda mensal das famílias também não pode ser superior a R$525,00 por pessoa para que seja concedido o benefício. Se você se encaixa nestas regras deve procurar o CRAS da sua região e fazer seu cadastro. 

Leia Mais

Carregando cartão…