Carteira de Investimentos: Entenda como montar

PUBLICIDADE

Quem decide começar a investir aprende muito rápido que existe uma variedade imensa de tipos de investimentos disponíveis no mercado, sendo assim é natural ter alguma dúvida na hora de saber qual é o melhor investimento para cada situação.

Desta forma surgiu o conceito de Carteira de investimentos, um conceito utilizado para ajudar você investidor a ter um controle mais amplo das suas possibilidades de retorno financeiro enquanto ao mesmo tempo diminui os riscos.

Para explicar melhor como isso funciona criamos este pequeno guia de como você deve montar sua carteira de investimentos, desta forma você vai entender a utilidade ao mesmo tempo que aprende como aumentar sua rentabilidade.

Não invista no que você não entende 

PUBLICIDADE

Sua carteira de investimentos representa o conjunto de todos os seus diversos investimentos quando colocados lado a lado, desta forma é essencial que você aprenda a não investir em algo que você não entende.

Procure ler e se informar sobre as opções de investimentos que estão a sua disposição, em muitos casos você pode encontrar um volume farto de informações, aqui mesmo no diário Economico você pode aprender muito sobre diversos tipos de investimentos.

Você também pode falar diretamente com a sua corretora e tirar suas dúvidas, o importante é que você não deve nunca colocar seu dinheiro em algo que você não tem o entendimento completo, do contrário você não vai ser capaz de medir os riscos.

Diversifique para se proteger

PUBLICIDADE

Todo investimento vem carregado com algum risco, por isso a carteira de investimentos tem como uma de suas funções diminuir esses riscos, desta forma nossa primeira dica é simplesmente investir em diversidade. 

Ter investimentos de diferentes tipos serve como uma proteção, desta forma mesmo que um dos seus investimentos não der o retorno esperado os outros vão servir para compensar as perdas, assim seu patrimônio vai continuar sempre crescendo.

Lembre ainda que essa diversidade deve ser pensada para equilibrar a liquidez dos seus investimentos, ou seja, você deve ter investimentos com diferentes durações, procure manter pelo menos um investimento de longo prazo como fundos imobiliários e algum investimento de curto prazo como ações da bolsa de valores.

Fique atento às possibilidades

Novas oportunidades de investimentos podem surgir a qualquer momento, por isso é interessante que você esteja atento às possibilidades, tanto as boas quanto as ruins, se você perceber que um dos seus investimentos vêm crescendo de maneira maior do que o esperado pode ser interessante injetar um pouco mais de verba.

Por outro lado existe a possibilidade em investimentos com alguma liquidez de que as possibilidades de retorno comecem a diminuir, nesse caso é interessante ficar atento para o caso de ser necessário encerrar o investimento antes da hora e diminuir as perdas.

De maneira geral sua corretora vai te ajudar a entender esse tipo de cenário de modo que você pode e deve fazer quantas perguntas achar necessárias para se manter no controle.

Tenha uma Reserva para Emergências

PUBLICIDADE

Embora não seja diretamente um investimento, sua reserva é sim uma parte importante da sua carteira de investimentos, explico, sempre existe a possibilidade de que algo inesperado aconteça, e quando acontecer você vai querer estar preparado da melhor forma possível.

Sendo assim procure manter ao menos 30% da sua renda mensal guardada para o caso de imprevistos, você pode por exemplo usar a poupança para isso, esse dinheiro serve para que você possa reagir em caso de uma emergência ou de uma oportunidade surgir.

Leia Mais

Carregando cartão…