Exchanges: Entenda Como operar nesse mercado

PUBLICIDADE

Antes de explicar como as Exchanges funcionam, precisamos falar sobre algumas coisas.

Elas são: o que é uma moeda, como é definido valor, e fontes de lucro, Vamos então avançar aos poucos.

O que é uma moeda?

Uma moeda, é tudo aquilo que tem valor e possa ser trocado, um produto ou serviço pode ser uma moeda!.

PUBLICIDADE

Todavia, a chance de você negociar algo com um produto ou serviço e ser aceito é baixa.

Por isso não é uma moeda comum nos dias de hoje embora já tenha sido o único formato de comércio.

Para contornar esse problema nas trocas, desenvolvemos as moedas padronizadas locais, objetos escassos (raros) os quais utilizamos para troca.

PUBLICIDADE

Tais quais metais de fácil identificação como o ouro, e minerais como rubi, safira e etc…

Com a evolução da sociedade, e aumento do poder do estado, foram criadas as moedas fiduciárias, o famoso Dinheiro.

O Dinheiro é uma nota provisória feita de material não escasso, porém é emitido por entidades com renome ou imposição.

São essas entidades que garantem que aquela moeda em circulação tem algum valor.

No caso, o Estado admite valor as moedas fiduciárias forçando o curso dela, afinal, em território nacional qualquer comércio é obrigado a aceitar o Real, por exemplo, assim retendo o valor absoluto do Produto Interno na moeda.

Produto interno bruto equivale a tudo que pertence aquela nação, desde mão de obra, até propriedades físicas.

PUBLICIDADE

Passando também pela confiabilidade do governo. governos que tendem a não pagar suas dívidas ou terem insegurança jurídica tendem a ter uma moeda mais insegura.

Nesse caso a moeda acaba passando por picos, e quedas de valor dependendo apenas da produção interna para isso.

Todavia Estados que tem uma segurança jurídica maior, e pagam suas dívidas em dia, podem por exemplo injetar dinheiro na economia bem acima da projeção do PIB, e o valor dessa moeda ainda assim subir, ou se manter estável.

Como as criptomoedas funcionam?

As criptomoedas são Tokens, códigos que são transferíveis, e criptografados, ou seja, não podem ser hackeados.

Justamente por essa característica às Criptomoedas são consideradas mais seguras do que às moedas impressas.

Como é definido o valor de uma Criptomoeda?

O Valor de uma moeda é definido pelo que e quanto as pessoas estão dispostas a trocar por ela.

Nós estamos acostumados com nós calcularmos o quanto de Dinheiro estamos dispostos a dar em um Serviço ou produto.

Pois o Dinheiro Estatal é imposto, tem todo um tabelamento internacional, e etc…

Todavia numa moeda que não tem o curso forçado, o valor dela é definido por quanto as pessoas estão dispostas a pagar por ela!

Você pode por exemplo colocar seus bitcoins a venda por 1 milhão de dólares a unidade, mas ninguém pagará.

Todavia você pode colocar a um valor próximo do que outras pessoas estão vendendo e conseguirá vender ela assim.

Maleável e Adaptável Perfeito para as Exchanges

O Valor de uma Criptomoeda não é universal, nem tabelado, até por que não há órgão emissor.

O valor é absolutamente de quanto as pessoas estão dispostas a pagar por ela.

"Ah mas as Exchanges tem um tabelamento" NÃO! as Exchanges tem um filtro de média de preço.

Esse filtro mostra uma média do que foi negociado entre os seus usuários, e aí eles planificam vendo os valores dos concorrentes mais relevantes.

Um exemplo é esse exato momento, duas gigantes, Foxbit e Mercado Bitcoin, caso você decida comprar na Foxbit vai pagar o valor de R$ 19.700,00.

Por outro lado caso você decida comprar na Mercado Bitcoin poderá pagar um valor de aproximadamente: 19.296,00.

É normal em momentos de super procura, as gigantes do mercado venderem a um valor que se diferencia um pouco do restante do mercado.

Nesses casos às Exchanges tem como objetivo ganhar pelo número de transações.

Por isso manter o valor mais acessível é uma jogada mais inteligente para esses momentos.

Por outro lado outras Exchanges que possuem uma reserva grande da moeda costumam aumentar o valor para 10, 20, 30% mais alto que a média.

Isso acontece pois para essas Exchanges é mais vantajoso vender em grandes quantidades para investidores maiores.

O que ocorre é: "a procura está grande, então vou aumentar o valor para crescer meus lucros"

Todavia essa estratégia não é válida nos dias de curso normal da moeda, pois Exchanges lucram na compra e venda.

Então, se colocarem valores absurdos para a concepção dos compradores, elas não irão vender, e consequentemente não irão lucrar.

Como Exchanges Lucram?

As Exchanges, assim como Bancos, lucram no "Câmbio" das moedas, quando você troca Real por bitcoin por exemplo você não tá pagando o valor absoluto de trocar Bitcoin por real! você sempre perderá algo no meio .

Leia Mais

Carregando cartão…