FGTS extraordinário de R$1 mil ainda pode ser solicitado pelos trabalhadores; Saiba como

Se você não realizou o saque extraordinário do FGTS pode ter uma outra oportunidade para isso.
PUBLICIDADE

O FGTS contempla diversos trabalhadores que exercem atividades remuneradas, e neste ano estes trabalhadores tiveram a possibilidade de fazer um saque extraordinário. 

No entanto, o prazo para este benefício acabou no dia 15 deste mês, seguindo o calendário divulgado pelo órgão. Mas as pessoas que ainda não receberam o benefício podem ter uma segunda oportunidade de receber o valor disponibilizado. 

Quem pode receber o FGTS extraordinário 

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) se destina a todos os trabalhadores que exercem atividades remuneradas no setor formal. 

PUBLICIDADE

Este fundo tem alguns saques disponibilizados, sendo um deles o saque aniversário e o saque extraordinário, que pode ser aproveitado pelos trabalhadores com saldo em contas ativas e inativas do fundo de garantia. 

O benefício extraordinário também contempla trabalhadores que aderiram ao saque-aniversário.

No entanto, para as pessoas que anteciparam o seu saque-aniversário, o saldo do FGTS ou parte pode estar bloqueado. 

PUBLICIDADE

Isso porque a antecipação do saque-aniversário funciona como uma espécie de empréstimo para os trabalhadores que têm como garantia o saldo do seu FGTS. 

Como sacar o FGTS após o prazo 

O  saque extraordinário de R$1 mil do FGTS teve o seu calendário divulgado anteriormente e os pagamentos aconteceram até o dia 15 deste mês. 

Mas alguns trabalhadores podem ter perdido o prazo informado de acordo com a data do seu aniversário, e aqueles que não acabaram o benefício dentro do prazo recebem uma nova chance de retirar o dinheiro. 

No  calendário do saque estava descrita  somente a data de liberação do FGTS extraordinário, o que significa que a data encontrada é aquela em que o valor estaria liberado, não a data limite para o saque do benefício. 

Esta por sua vez é a mesma para todos os trabalhadores que têm direito ao saque extraordinário, indo até o dia 15 de dezembro de 2022.

Isso significa que a partir do dia 15 de junho todos os trabalhadores tiveram seu saque liberado e poderão realizá-lo até a data final. 

PUBLICIDADE

Mas se o trabalhador optar por não sacar o valor deve retornar para a sua conta do Fundo de Garantia com suas devidas correções, já que fica depositada em uma conta poupança da Caixa aberta automaticamente em nome do beneficiário.  

Para consultar o seu saldo ou usar o valor do seu saque extraordinário baixe o app do FGTS no seu celular e acompanhe tudo, sem perder nenhum detalhe. 

Leia Mais

Carregando cartão…