Saiba quais são os valores e regras para a contratação do empréstimo consignado para beneficiários do Auxílio Brasil

Os beneficiarios do Auxílio Brasil poderão solcitar empréstimos consignados em breve. Veja as regras e valores desta nova modalidade.
PUBLICIDADE

Os beneficiários do Auxílio Brasil foram recentemente incluídos na categoria de empréstimos consignados, uma decisão que gerou opiniões divergentes. 

No entanto, existem algumas regras que devem ser observadas pelas pessoas que desejam contratar este empréstimo. Falaremos sobre os detalhes a seguir, confira: 

Empréstimo consignados para beneficiários do Auxílio Brasil 

O Auxílio Brasil tem sido destinado a mulheres de famílias brasileiras que estão em situação de vulnerabilidade social. 

PUBLICIDADE

Para a surpresa de muitas pessoas, recentemente foi anunciada a possibilidade de realizar um saque de empréstimo consignado sendo um dos beneficiários deste auxílio. 

No entanto, para que este projeto se torne de uma vez por todas uma realidade, falta a sanção do presidente Jair Bolsonaro (PL). 

Entretanto, ainda que esta sanção ainda não tenha sido dada, muitas instituições bancárias já tem mencionado o novo empréstimo em seus catálogos de serviços. Algumas delas já estão oferecendo este empréstimo, mesmo antes dele ser confirmado. 

PUBLICIDADE

Mas, para muitos especialistas em economia, o oferecimento deste empréstimo pode representar um risco à vida financeira das famílias. 

De acordo com os especialistas, um dos principais riscos está ligado aos juros já anunciados que podem chegar a 98% ao ano. 

Outro ponto que gera preocupação é o comprometimento da renda com a parcela do empréstimo consignado que é de até 40%.

Quais as regras para solicitar o consignado do Auxílio Brasil?

É preciso observar que a conformação da liberação de empréstimos consignados para pessoas que recebem o Auxílio Brasil deve acontecer até o dia 3 de agosto, prazo final para o presidente Jair Bolsonaro decidir sobre a sanção da Medida Provisória que cria a nova modalidade de crédito. 

No entanto, o texto já passou com pelos deputados e senadores, e agora depende somente do presidente para começar a valer.

Sendo aprovado pelo presidente da república, o empréstimo consignado para quem recebe Auxilio Brasil, devem ser respeitadas as seguintes regras:

  • Margem de até 40% do valor liberado no auxílio;
  • Possibilidade de pagamento de 24 a 48 meses;
  • Juros de acordo com a instituição financeira de contratação.
  • Além do Auxílio Brasil, os recebedores do Benefício de Prestação Continuada (BPC) também serão beneficiados com esse crédito. Neste caso a margem de crédito será de 45%.

Valor do empréstimo consignado do Auxílio Brasil

PUBLICIDADE

Conforme destacado anteriormente, o empréstimo para quem recebe Auxilio Brasil ainda não foi confirmado, mas já existem algumas regras sobre os valores disponibilizados. 

Não existe um limite pré estabelecido para o empréstimo, mas deve ser obedecida uma regra de que até 40% do que é recebido pela família pode ser usado para o pagamento das parcelas do crédito.

Desta forma, as pessoas que têm uma renda mensal de R$400 por mês podem pagar até R$160 nas parcelas do empréstimo. 

O prazo máximo é de 24 meses, o que significa que a família com esta renda poderia ter acesso a um valor de R$3.840, mas com o desconto dos juros mensais o valor final deve ficar em torno de R$2.500. 

Leia Mais

Carregando cartão…