Lucro FGTS deve ser pago em Agosto; confira valores e quem tem direito

Em agosto a Caixa irá livberar os lucros do FGTS para os trabalahdores. Acompanhe todas as novidades e saiba quem pode receber e quanto.
PUBLICIDADE

Alguns trabalhadores podem comemorar, pois a Caixa Econômica Federal anunciou que os Lucros do FGTS serão pagos em agosto. 

Nós te contamos todos os detalhes sobre este assunto para que você fique por dentro e não perca nenhum detalhe. Acompanhe! 

Lucros FGTS: tudo sobre a liberação 

A Caixa Econômica Federal fará a distribuição do lucro do FGTS no próximo mês, agosto devendo contemplar todos os trabalhadores com contas ativas e inativas no Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. 

PUBLICIDADE

No entanto, o banco ainda não divulgou a data exata para a distribuição dos lucros do FGTS, é preciso que os trabalhadores fiquem atentos a este detalhe para evitar a perda do prazo de pagamentos. 

Quem pode receber os lucros do FGTS 

Existem algumas regras para o recebimento dos valores,sendo o principal deles o trabalhador ter contas do FGTS com saldo, ativo ou inativo. 

Vale lembrar que mesmo com o registro de contas ativas e inativas na titularidade do trabalhador, é essencial que o trabalhador tivesse qualquer valor depositado nessas contas até o prazo do dia 31 de dezembro de 2021. 

PUBLICIDADE

Este fato se dá pelo fato do  lucro do FGTS ser baseado no saldo presente em conta,  sendo este saldo usado para o cálculo do rendimento que poderá ser disponibilizado aos trabalhadores. 

Quanto será disponibilizado 

De forma geral, quanto mais dinheiro estiver depositado na conta FGTS do trabalhador, mais vantajosa deve ser o seu lucro obtido. 

Os repasses da Caixa Econômica que foram liberados superam os R$8,12 bilhões, que devem ser destinados aos trabalhadores. 

Mas, na prática, a média aplicada sobre o saldo depositado em contas ativas e inativas do FGTS até 31 de dezembro do ano anterior, foi de 1,86%. 

Em 2022 a expectativa é que se tenha um  impacto por conta da alta da inflação acumulada em 11,73% nos últimos 12 meses, com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

No entanto, é importante lembrar que os lucros do FGTS não podem ser distribuídos em sua totalidade aos trabalhadores, de acordo com  a lei que determina suas diretrizes. 

PUBLICIDADE

É o Conselho Curador do FGTS que define o  índice de divisão, sendo que este órgão volta a se reunir somente no mês de agosto, período em que deve determinar o percentual de distribuição dos lucros. 

Até o momento,  o retorno do FGTS é de 3% ao ano, mas vale lembrar que ele conta com a variação da Taxa Referencial (TR). 

Os trabalhadores podem receber parte dos lucros do fundo desde o ano de  2017, sendo os valores determinados de acordo com os juros cobrados de empréstimos em projetos de saneamento, crédito de casa própria e em áreas de infraestrutura, por exemplo.

Leia Mais

Carregando cartão…