Pessoas que recebem mais de R$1,5 salário mínimo deverão pagar Imposto de Renda em 2023; Confira as novas regras

Os trabalahdores que recebem um salário mínimo e meio deverão pagar Imposto de Renda em 2023. Confira as novas regras e valores.
PUBLICIDADE

Todos os anos algumas pessoas precisam pagar o chamado Imposto de Renda e recentemente foi divulgado que os trabalhadores que recebem um valor mensal superior a 1,5 salário mínimos devem entrar para esta lista. 

Se você está incluso nesta nova categoria fique atento as informações dadas a seguir para não perder nenhum detalhe:

Imposto de Renda em 2023: quem precisa pagar 

A novidade da inclusão dos trabalhadores que recebem a partir de um salário mínimo e meio no Imposto de Renda pegou muitas pessoas de surpresa. 

PUBLICIDADE

O Congresso Nacional aprovou na última terça-feira, 12 de julho, a  Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que prevê o salário mínimo para 2023  que passará para o valor de  R$1.294,00. 

Se o novo valor for sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), isto pode afetar ainda em quais pessoas devem pagar o Imposto de Renda, obrigando que os trabalhadores que ganham um salário mínimo e meio, valor que deve ser de R$1.947,00 em 2023, a pagarem a taxa, que com o desconto será de R$2,77.

O Imposto de Renda será corrigido? 

Não é de hoje que muitas pessoas têm se queixado sobre a falta de correção nas regras do Imposto de Renda, especialmente levando em consideração os ajustes que o salário mínimo sofre anualmente. 

PUBLICIDADE

A inclusão de pessoas que recebem 1,5 salário mínimo por mês no Imposto de Renda em 2023 se dá principalmente pelo fato da tabela do IRPF necessitar de correção. 

A última vez que esta tabela foi atualizada foi no ano de 2015, quando o limite de isenção aumentou para R$1.903,00. 

No entanto, no ano de 2015 o salário mínimo nacional era de  R$788,00, valor que sofreu muitos reajustes e hoje está em R$1212, devendo ter um aumento em 2023.

Após sete anos sem reajustes na tabela,  a defasagem na tabela do Imposto de Renda, considerando a inflação acumulada no período, chega a 24,49%, somente no atual governo. 

Além disso, este percentual leva em consideração o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), usado para medir a inflação para famílias com renda de até cinco salários mínimos e serve como base para o reajuste do salário mínimo.

Mas, ainda que isto esteja trazendo transtornos e gerado muitas críticas, não há nenhuma previsão de atualização da tabela. 

Quando a nova regra passa a valer? 

PUBLICIDADE

A nova regra de pagamento do Imposto de Renda passa a vigorar no dia primeiro de janeiro de 2023, mesmo dia em que será atualizado o valor do salário mínimo nacional no país. 

Leia Mais

Carregando cartão…